Categoria: Categorias

Home office! Como fugir do pijama!

Home office : Ir do quarto para a sala, da sala para a cozinha, da cozinha até o banheiro. Esses são os trajetos feitos por quem está em home office por conta da pandemia de coronavírus.

Home office

Trabalhar em casa não é só um desafio para a concentração. Para muitos é um desafio mudar radicalmente a rotina e a tentação de ficar na frente do computador de pijama o dia todo é enorme.

Não é o recomendado. “É preciso criar rituais para manter a concentração. No meu caso, é faço tudo como se estivesse indo trabalhar, inclusive trocar de roupa”, diz Ricardo Oliveros, que atua à distância no Instutos Elos. “Por ter sido freela durante anos, trabalhar de casa sempre foi uma realidade”.

A consultora de moda Karine Rodrigues também tem dicas para quem ainda não está acostumado com esse regime de trabalho. Segundo ela, estar em casa trabalhando não significa que você deve ficar desleixado ou de pijama o dia todo.

“Pode parecer bobagem, mas uma boa vestimenta tem poder, e acredite, quando você se sente bem e confiante, você consegue melhores resultados. A nossa imagem é muito importante, e é uma das nossas principais formas de comunicação, e mesmo no home office muitas pessoas continuam tendo reuniões e contatos com clientes através de vídeos conferências, logo a vestimenta adequada é essencial”, diz Karine.

O importante é se vestir como você fosse sair para trabalhar em um dia comum, pois seu trabalho em casa será muito mais produtivo e eficiente, além de conseguir trabalhar da melhor forma possível.

Nos casos de executivos, que costumam usar roupas mais formais, a consultora sugere que optem por um look mais informal.  “Prefira algo mais confortável, troque o sapato de salto alto por uma sapatilha, o terno e gravata por uma camisa, e dependendo sua profissão e andamento do trabalho até por uma camisa polo”, sugere.

 

Renda extra agora! Ganhe dinheiro rápido!

Renda extra agora ! Se você está precisando de uma renda extra, independente da sua situação (trabalhando ou desempregado), separamos 30 dicas de como ganhar dinheiro em casa, todas elas com custos baixo de investimentos.

ARTESANATO

1. Biscuit

Renda extra agora

Biscuit, é um trabalho bem gostoso de se fazer, para algumas pessoas é um Hobby, mas esse passa tempo pode lhe render uma grana extra, alem de e que ao mesmo tempo relaxante para algumas pessoas. É muito mais do que brincar de massinhas em casa, você tem que gerar vendas e isso é o que importa para quem precisa de uma renda extra.
Existe uma infinidade de formatos de biscuit que pode ser:

  • Lembrancinhas de Biscuit
  • Para Aniversário
  • Para Casamento Para Chá de Bebê
  • Para Personalizar Cadernos
  • Noivinhos
  • Flores
  • Ursinho
  • Bailarina
  • Potes Bebê
  • Bolo
  • Bichinhos
  • Coruja
  • Joaninha

Onde vender Biscuit: Você pode sair para vender na rua, pode vender para familiares, pode ter uma loja, pode ter um stand de vendas uma barraca em artesanato ou uma loja virtual, a opção do Elo7.

Você pode fazer vendas atacado e varejo, dê um desconto com pedidos acima de 10 peças em diante, deixe os produtos em consignação, deixe com as lojas, se vender você ganha, caso não venda você pode pegar o produto de volta.

Alugue peças de Biscuit, para festas e eventos, assim que você pegar de volta, pode alugar para outra pessoa, bolos cenográficos. decoradoras de festas.

2. Lembrancinhas para festas e ventos como renda extra

Apesar de ser uma Área bem concorrida o negócio, lembrancinhas para festas, é super lucrativos, mas exige uma demanda de tempo e paciência, alem de que você tem que gostar de trabalhar com trabalhos manuais.
Exige de pouco espaço físico para o trabalho.
Os equipamentos Básicos são: Utilizados na confecção das lembranças (colas, tesouras, estiletes, etc.),de apoio administrativo (telefone, computadores, etc).

Dentre os produtos você pode fazer:

  • Caixa em MDF ;
  • Saquinhos para Lembrancinhas de festas;
  • Cestinha produzida em papel para scrapbook;
  • Difusor de Aromas, em pote de vidro;
  • Mini Bolinho de fubá de sabonete;
  • Toalhinha de Mão bordada;
  • Sabonetes vegetais;
  • Álcool Gel em frasco pet;

Benefícios de trabalhar em casa

Benefícios de trabalhar em casa

Qualidade de vida

Benefícios de trabalhar em casa quando não se tem horários a cumprir, como hora para dormir e acordar, tempo de almoço e etc, a qualidade de vida aumenta.

Pois, se economiza tempo, diminui a pressão de estar sempre no horário e o momento de exercer seus serviços é muito mais relaxante.

Qualidade de vida ajuda na produtividade de qualquer pessoa, além disso, é possível conciliar o trabalho com outras atividades, como estudo, lazer e tempo com a família.

5. Benefícios de trabalhar em casa :Mais tempo disponível

Por conta da correria do dia a dia, muitas vezes, não se tem tempo para a família ou para si mesmo.

Trabalhar em casa possibilita ter tempo para coisas que deixamos de lado na agitação de uma rotina de trabalho em empresas e comércios.

A flexibilidade de horários permite passar tempo com a família e amigos, além de possibilitar fazer atividades pessoais e colocar em prática hobbies já esquecidos.

6. Benefícios de trabalhar em casa :Menos pressão

Quando se opta por trabalhar em casa, a pressão diminui, por não ter gerente ou chefe cobrando.

Geralmente, em ambientes de trabalho há muita pressão em cima de um funcionário, seja para cumprir metas ou finalizar trabalhos com prazos.

Isto pode acontecer tanto por parte do chefe ou empregador, quanto por parte de colegas de trabalho.

Por isso, trabalhar em casa diminui a pressão, evita o desânimo e aumenta a produtividade.

Trabalhar em casa: considerações finais

É claro que existem vantagens e desvantagens ao trabalhar em casa, portanto, é importante medir todos os prós e contra, e assim verificar o que é melhor para o seu tipo de negócio.

Não pense que ter um escritório em casa não trará responsabilidades e organização, pois, é preciso este dois fatores para que haja sucesso na escolha.

Tenha boas ideias, planejamento e invista em sua ideia, tudo isto com cuidado e bom trabalho e desfrute do benefícios de trabalhar em casa.

Vantagens do trabalho por conta própria

Vantagens do trabalho por conta própria: Pode ser um tanto quanto solitário no topo, mas ser seu próprio chefe pode trazer recompensas suficientes para que o trabalho valha a pena o sacrifício de não fazer parte de uma equipe. Confira, nesse artigo, as vantagens do trabalho por conta própria.

Vantagens do trabalho por conta própria

Você poderá obter uma série de vantagens quando escolher exercer seu trabalho por conta própria, e elas serão todas revertidas em melhores condições para que você possa obter melhores desenvolvimentos em sua carreira.

Entender as vantagens do trabalho por conta própria que podem ser obtidas pode ser excelente para que você possa escolher com propriedade se deseja criar uma carreira autônoma e quais serão os benefícios que poderá adquirir por meio dessa escolha.

Confira as vantagens do trabalho por conta própria

1 – Você é o seu próprio chefe

Uma das principais vantagens de trabalhar de forma independente é que você não está sob o polegar de um chefe. Se você possui seu próprio negócio, você só responde aos seus clientes, que dizem pouco sobre a forma como você faz o seu trabalho.

Mesmo se você trabalha como empregado em um home office, você não terá um gerente olhando por cima do ombro todos os dias. Sua interação com os superiores é principalmente focada no que você precisa fazer, ao invés de como você precisa fazer isso.

Isso também garante que você possa implementar suas próprias ideias e seus princípios na forma como você age em seu trabalho, por isso, é preciso saber que muito mais liberdade também será adicionada às situações.

2 – Maior flexibilidade em horários e sobre o que você decide fazer

Dependendo da sua situação de trabalho, você tem a capacidade de definir suas próprias horas, escolher onde deseja trabalhar, determinar suas próprias taxas e decidir se quer ou não aceitar algum trabalho.

  • Uma das maiores vantagens do trabalho por conta própria é que empreendedores e profissionais podem tirar o dia de folga, trabalhar de um café ou da praia, dormir e trabalhar mais tarde durante a noite e, geralmente, escolher condições de trabalho para desfrutar muito melhor de seu tempo.

Enquanto você conseguir que o seu trabalho seja feito com um alto nível de qualidade, você não é obrigado a trabalhar um cronograma definido – portanto, é preciso ter sempre dedicação e foco, evitando qualquer percalço em relação à entrega para os seus clientes.

3 – Muito menos burocracia

Menos pessoas com quem trabalha, menos egos que você terá para massagear, colegas de trabalho que você precisa e muito menos inimizades com as quais você precisa lidar.

Outra das vantagens do trabalho por conta própria é que irá permitir que você se concentre no que você gosta de fazer, e não terá que gerenciar seus projetos enquanto tem que lidar com uma série de fatores burocráticos, com papelada e com aprovação de colegas de trabalho e de muitos outros profissionais.

Como avançar na carreira durante o home office

Como avançar na carreira  dominadas por homens e operadas de acordo com normas, valores e expectativas masculinas, as mulheres sempre tiveram mais dificuldade em avançar do que o outro sexo.

Como avançar na carreira

Elas recebem menos oportunidades de se desenvolver profissionalmente e são julgadas mais duramente que os homens. E, agora que muitos funcionários têm sido solicitados a permanecer em casa, as dificuldades do avanço profissional das mulheres estão aumentando.

Gerentes que têm pouco ou nenhum contato próximo com seus subordinados –conexão que pode fazer surgir talentos e capacidades reais aparentes– são muito mais propensos a tomar decisões com relação a atribuições e avaliações afetadas pelo viés implícito de gênero.

É impossível definir quanto tempo durará o trabalho em casa, mas não será pelo resto de sua carreira. Enquanto isso estiver acontecendo, no entanto, não pare. Concentre-se no longo prazo, não se preocupe com as pequenas coisas e ria o máximo que puder. Se o fizer, emergirá no final deste tempo terrível, mais sábia, habilidosa e preparada para avançar do que nunca.

Se você é uma mulher que trabalha em casa, veja abaixo quatro etapas a serem seguidas a fim de garantir a continuidade no avanço de sua carreira, apesar do coronavírus:

1. Como avançar na carreira: Permaneça visível

Simplesmente manter a cabeça baixa e fazer um trabalho de qualidade não a fará avançar. Use todas as interações relacionadas ao trabalho, seja por e-mail, aplicativo de mensagens, telefone ou vídeo, a fim de se apresentar como alguém com presença, competência e cordialidade. Essas interações, no entanto, podem não torná-la visível para algumas das pessoas-chave que avaliam seu desempenho e influenciam sua remuneração e avanço. Portanto, tente encontrar uma maneira de tornar esses profissionais periodicamente cientes de suas atividades, conquistas e atribuições futuras. Talvez um e-mail a cada certo período de tempo com um resumo sobre o que está fazendo seja bem recebido por seus supervisores. Talvez um canal específico para essa troca no Slack, Jabber ou outro aplicativo de mensagens seja mais eficiente e eficaz. Ou então, pode ser preferível apenas informar sobre a conclusão dos projetos, juntamente com uma auto-avaliação da sua contribuição. Qualquer que seja o método de suas comunicações ou o tempo delas, certifique-se de que todos os que têm influência em sua carreira estejam periodicamente conscientes de seu trabalho, comprometimento e realizações.

2. Mantenha-se engajada

Agora, mais do que nunca, é preciso levantar a mão. Ofereça-se para realizar novas tarefas, esteja disponível para projetos especiais e procure oportunidades de avançar na carreira. Obviamente, se tiver filhos pequenos em casa e não receber ajuda de ninguém que não seja seu parceiro (caso tenha um), talvez não consiga lidar com sua carga de trabalho normal. Nesse caso, verifique se seus gerentes conhecem sua situação e forneça a eles uma avaliação realista de seus recursos atuais. Seja qual for a situação, continue levantando a mão na medida do possível.

Sem interações presenciais e fácil acesso a um networking informal do escritório, pode ser difícil saber quando novos projetos e oportunidades ficam disponíveis. Isso significa que é necessário informar regularmente seus gerentes sobre sua disponibilidade, interesse em novos desafios e desejo de expandir seu conjunto de habilidades. Explore a melhor maneira de fazer isso para que, quando surgirem tarefas importantes, você esteja em primeiro lugar na mente deles.

Como a mãe pode trabalhar em casa!Veja agora

como a mãe pode trabalhar em casa

Como a mãe pode trabalhar em casa!A minha formação já sugere o trabalho em casa. Quem não conhece arquitetos que trabalham em casa em seus home-office? Mas mesmo isso sendo algo comum, pra mim não significava nada. 

A arquitetura, assim como outras profissões, oferecem a possibilidade do profissional atuar como profissional liberal, além da possibilidade de ser contratado por quaisquer empresa.

Como a mãe pode trabalhar em casa! Mãe empreendedora, o que ela faz?

A mãe empreendedora não precisa necessariamente ser graduada em algum curso (como eu sou em arquitetura). E ainda não precisa ser profissional liberal

Ela pode trabalhar com marketing digital, revender produtos de beleza com a ajuda da internet ou até fazer bolo no pote. Empreender significa decidir realizar uma tarefa difícil e trabalhosa. A mãe empreendedora se diferencia dos demais empreendedores justamente por algumas características particulares que a motivam. Vejamos quais são elas:

1-Como a mãe pode trabalhar em casa:Flexibilidade de tempo

Por maior que seja a demanda dos filhos assim que nascem, é indiscutível a existência da flexibilidade de tempo no cotidiano da nova mulher, que agora é mãe. Você pode estar se perguntando “como achar tempo diante de tanto cansaço e demanda?” Sim é complicado no início mas nessas horas que devemos lembrar que eles crescem e a demanda vai reduzindo pouco a pouco. E logo quando ele entrar na escola, ficará mais fácil distribuir as prioridades de tempo.

Sempre gosto de comparar a flexibilidade de tempo à cargar horária celetista de 8-9 h semanais de trabalho. Trabalhei cumprindo este horário dos 7 meses aos 2 anos de idade do meu filho.

E por mais difícil que seja conciliar cuidados de casa, filhos, esposa, trabalho e mais um pouco (me sinto uma equilibrista), sinto-me mais feliz agora, como mãe empreendedora. Trabalhar em casa não tem preço!

2-Como a mãe pode trabalhar em casa!Autonomia de trabalho

Trabalhando em casa, você é responsável pela quantidade de trabalho que você terá. Você quem vai estipular suas próprias metas. Se você desejar metas grandes, terá de trabalhar mais.

Somando a autonomia de trabalho com a flexão de tempo temos uma grande motivador para você continuar empreendendo e o melhor, continuar curtindo e aproveitando cada segundo do seu filho em casa.

3-Como a mãe pode trabalhar em casa:Grande motivador

Meu filho é meu maior motivador. Confesso que é ele quem me motiva a continuar a trabalhar em casa enquanto ele brinca na sala ao lado e faz aquela bagunça. Isso pra mim é um privilégio, poder acompanhar o desenvolvimento e estar efetivamente presente em casos que ele apresentar doente, por exemplo.

Mas empreender o quê?

Inicialmente sugiro que você não precisa saber o que vender, ou no que trabalhar. A essência da mãe empreendedora não está atrelada no produto que ela vai vender ou trabalhar.

Está nas características de empreendedorismo, como algumas citadas acima. Existem muitos cursos que logo estarei indicando com a finalidade de aprimorar o seu espírito empreendedor e vai te ajudar até mesmo em decidir qual área atuar, caso você tenha dúvidas quanto a isso ou até mesmo não faça ideia do que empreender. 

Nos dias atuais o mercado de empreendedorismo está crescendo muito e com os avanços da internet existem muitas possibilidades como mercado de afiliados, marketing digital, negócios mobile, assistente virtual e outros que aos poucos estarei apresentando a vocês.

E ainda não mencionei possibilidades envolvendo as áreas de costura, culinária, organização, importação de produtos e etc. Portanto fique tranquila se você não tem ideia no que empreender. Isso é detalhe por enquanto.

Ideias para trabalhar em casa para ter renda!

Ideias para trabalhar:Poder trabalhar em casa é uma vontade de muitas pessoas e isso surge por inúmeras razões.

ideias para trabalhar

Para que você consiga passar um tempo maior com sua família ou porque você acha que a renda adquirida com trabalhos em casa podem ser maiores do que trabalhando fora. Como em alguma fábrica ou loja que não lhe pague o que você acredita merecer.

Ideias para trabalhar em casa – Freelancer

O trabalho mais buscado por jovens e adultos é o trabalho como freelancer. Na internet existem vários sites online em que você consegue trabalhar e receber com qualidade e garantia.  Os trabalhos são diversos, você pode por exemplo escrever um artigo, criar uma logo, construir um site ou quem sabe fazer revisões de um e-book.

ideias para trabalhar

É importante saber que o freelancer é contratado para um serviço e recebe apenas quando o serviço é finalizado e entregue. Jovens que estudam em faculdades integrais que não conseguem um emprego com carteira assinada escolhem se tornar freelancers pois possibilita uma maior flexibilidade de horário e prazo. Dependendo do tempo empregado e do portifólio construído o freelancer pode ganhar a mesma quantia ou até mais que se tivessem carteira assinada.

Ideias para trabalhar em casa – Culinária

Se você é um amante da culinária você pode optar por vender comida. Doce ou salgado, não importa, afinal, quem é que não gosta de pegar aquele dinheiro extra e comprar algo que adora comer. E o melhor de tudo é que você estaria fazendo uma coisa que gosta que lhe traria uma realização pessoal.

ideias para trabalhar

Se seu objetivo sempre foi desenvolver um trabalho com qualidade sem sair de sua própria casa, as atividades sugeridas são ótimos exemplos para quem quer começar. Você terá uma boa renda de lucro caso consiga trabalhar com um bom desenvolvimento. Mas lembre-se sempre esforço e dedicação é necessário em qualquer emprego e não é diferente com o emprego em sua própria casa.

Fim do post Ideias para trabalhar em casa

Obrigada por ter acompanhado mais esse post. Espero que tenha gostado das ideias que sugerimos para trabalhar em casa.

1. Produção de alimentos caseiros

ideias para trabalhar

Você acompanha todas as séries de TV sobre culinária, ou é sempre convocado pela família e amigos para pilotar o fogão nos eventos? Chegou a hora de ganhar dinheiro com esta habilidade.

Por causa da falta de tempo que assola a maioria das pessoas, o mercado de alimentos caseiros possui grande potencial de crescimento.

Como área de atuação alternativa aos clientes individuais, existem restaurantes que costumam usar serviços de terceiros para casos específicos.

Além disso, você pode se especializar em atender festas, eventos ou datas especiais. Portanto, são muitas possibilidades de atuação.

Inicialmente atendendo São Paulo e Rio de Janeiro, o Apptite é um aplicativo voltado para o mercado de comida artesanal. A equipe acredita no pequeno produtor e na produção em escala reduzida como garantia de qualidade.

A partir destes princípios, o aplicativo se torna uma opção muito apelativa para quem está começando na área.

Faça o seu cadastro como chef e confira os resultados!

Venda de produtos importados

Trabalhar com a venda de produtos importados vem se tornando cada vez mais comum entre as pessoas que optam por trabalhar em casa. Seja com roupas, eletrônicos ou utensílios domésticos, historicamente o consumidor brasileiro tende a valorizar o produto importado.

Uma das maneiras tradicionais de trabalhar com produtos importados é através da compra direta com o fornecedor. Neste caso, você pode conseguir preços mais baixos conforme aumentar a quantidade comprada.

A vantagem da importação direta está na garantia do controle de qualidade dos produtos. A principal desvantagem neste caso é a necessidade de espaço para o estoque de produtos.

Além disso, existe a necessidade de um investimento inicial.

Outra maneira de trabalhar no ramo é através do Drop Shipping. Neste caso, você pode criar uma loja online ou anunciar nas redes sociais. Após ver o produto anunciado na internet, o cliente faz o pedido e efetua a compra com você.

Apenas após o pagamento feito pelo cliente, e a retirada do seu lucro, é que você irá fazer o pedido ao fornecedor. O pedido será então processado e enviado diretamente para o endereço do cliente.

Assim, você não precisa manter estoques de produtos, não há a necessidade de embalar e de colocar no correio. Outra grande vantagem desse modelo de trabalho está na possibilidade de aumentar a variedade de produtos ofertados.

A principal desvantagem está na impossibilidade de ter acesso ao produto vendido. Além disso, você fica refém do prazo de entrega estipulado pelos fornecedores que, em alguns casos, pode ser muito longo. Para evitar a insatisfação dos clientes, é aconselhável deixar explícito o prazo de entrega na hora de divulgar os produtos.

Se não deseja uma loja online, pode utilizar o Mercado Livre, a maior comunidade de compra e venda online da América Latina.

5. eCommerce

O comércio eletrônico tende a crescer cada vez mais. Conforme a nossa sociedade se torna cada vez mais digital, as pessoas dão preferência pela comodidade de comprar online. As novas gerações são as principais responsáveis por esse crescimento exponencial.

O investimento necessário para iniciar seu negócio online vai depender do tipo de produto oferecido. Além disso, o valor reservado para marketing e o custo do plano de hospedagem são determinantes na hora de avaliar o investimento.

Antes de contratar um plano de hospedagem para o seu negócio online, lembre-se das características que um sistema de eCommerce deve possuir:

  • cadastro de produtos e clientes
  • meios de pagamento
  • gerenciamento de estoque e preços
  • promoções temporárias
  • descontos

As principais empresas de hospedagem de sites oferecem soluções pré-configuradas de comércio eletrônico. Basta que você defina com qual nicho de mercado quer trabalhar e contar com o suporte oferecido por estes planos.

Dependendo do tipo de negócio é possível começar mantendo o estoque em casa. Entre alguns fatores que definem o sucesso de uma loja online estão a qualidade dos produtos oferecidos e o cumprimento dos prazos de entrega.

Destacamos duas das empresas de hospedagem que oferecem planos para lojas online. A primeira é a Locaweb, uma das pioneiras no mercado de hospedagem de sites no Brasil. Os planos oferecidos incluem cálculos de frete, meios de pagamentos e certificado de segurança, entre outros itens.

A KingHost oferece planos que variam em função da quantidade de memória do computador utilizado e no número de horas de consultoria oferecido. Avalie qual das opções atende melhor o seu caso e inicie já o seu negócio online.

Como se organizar para trabalhar em casa

Prepare-se para trabalhar em casa! Seguindo as dicas apresentadas nesse artigo, você conseguirá ter mais foco, mais produtividade e, consequentemente, aumentará a sua renda oriunda do Home Office!

Trabalhar em casa é um sonho comum a muitas pessoas atualmente. E isso é totalmente compreensível, já que o Home Office oferece uma série de vantagens, sendo que, entre aquelas que mais chamam a atenção estão:

  • A possibilidade de ficar mais próximo da família;
  • Não ter que se deslocar até a empresa;
  • Não ter gastos com locomoção;
  • Livrar-se do transporte lotado (no caso de quem usa ônibus e/ou metrô);
  • Não perder tempo no trânsito;
  • Ter flexibilidade de horários.

Contudo, como nem tudo é maravilhoso, quando você começa a trabalhar no conforto do seu lar, aparecem os famosos “ladrões do tempo” (ou “ladrões da sua atenção”). Tarefas domésticas, levar os filhos para a escola, ir ao supermercado e pagar contas no banco são apenas algumas das atividades que “roubam” nosso tempo. Sem contar que, pelo fato de você trabalhar em casa, as pessoas do seu convívio acham que você está sempre disponível para ajudar, conversar e fazer coisas que, muitas vezes, elas mesmas deveriam fazer, mas “como você está em casa”, pedem para você.

Por isso, para ajudar você que já trabalha em casa ou que vai começar a fazer isso a se livrar dos “ladrões do tempo”, juntei algumas dicas que lhe ajudarão a ter muito mais foco e, consequentemente, mais produtividade no seu dia a dia de trabalho em casa. Todas as dicas são baseadas em minha própria experiência, pois estou no Home Office há muitos anos, o que me fez aprender, na prática, a ter uma boa organização para ser o mais produtiva possível e entregar tudo o que me comprometo dentro do prazo!

Leia com atenção e coloque as minhas dicas em prática para potencializar o seu rendimento!

Defina um local de trabalho

como se organizar

Ficar mudando de lugar onde você trabalha na sua casa – já que você pode levar seu notebook para qualquer canto – pode parecer inofensivo, mas não é. Se você trabalha na mesa da sala, por exemplo, seus familiares podem se achar no direito de lhe interromper o tempo todo. Além disso, podem aparecer várias distrações, como uma briga entre os seus filhos, você começa a prestar a atenção na TV que está ligada no cômodo ao lado, a campainha toca e você vai atender, enfim, são várias as possibilidades.

Por isso, definir um local de trabalho apropriado e fixo vai passar a mensagem para as pessoas da sua casa que, se você está lá, é porque quer manter o foco no trabalho. Desse modo, peça que só lhe interrompam se for algo urgente e importante.

Estabeleça o seu horário de expediente

É muito importante definir um horário de trabalho e cumpri-lo fielmente! Isso vai fazer com que você não caia na armadilha dos “ladrões” de tempo e de atenção. Por outro lado, você estabelecerá um limite para suas horas de dedicação. E isso é muito importante, pois muitas pessoas que trabalham em casa acabam trabalhando bem mais do que as oito horas diárias do regime CLT, seja porque querem terminar o que estão fazendo ou porque simplesmente não sabem dizer NÃO para os clientes. Para evitar esse tipo de situação, sempre informe seus clientes sobre seu horário de atendimento e evite trabalhar mais do que oito horas por dia.

Use roupas de trabalho

Vai começar o expediente? Então, tire o pijama e coloque uma roupa e sapatos, como se você fosse sair para trabalhar. Esse simples ato manda uma informação para o seu cérebro avisando que você está trabalhando e não passando o tempo à toa.

Feche a porta para trabalhar em casa

Para você ter mais tranquilidade e foco, é muito importante fechar a porta do cômodo onde você decidiu trabalhar. Ao fazer isso, você consegue se concentrar e se dedicar 100% ao seu trabalho. Para quem não gosta de silêncio, uma opção interessante é colocar uma música ambiente não muito agitada, mas também não excessivamente calma, afinal, você deve ficar com a mente ativa.

Desligue os aparelhos eletrônicos

Querer estar totalmente conectado e bem informado pode parecer muito bacana para os negócios, mas não te dará foco, além de que a probabilidade de você se perder no mar de informações será grande. Por isso, desligue a TV e o rádio, não fique logado nas redes sociais e desligue até mesmo o seu celular em alguns momentos-chave para evitar dar atenção às mensagens que chegam o tempo todo e tiram sua concentração.

Para ficar por dentro das novidades do dia, dedique um momento para você se informar. Por exemplo, 1 hora antes de começar a trabalhar, leia o seu jornal, acesse websites e blogs da sua área e ouça notícias. Depois disso, desligue tudo e se concentre no seu trabalho. Você vai render muito mais!

Todas essas dicas, apesar de parecem simples, são de grande relevância para qualquer pessoa que trabalha em casa conseguir ter mais organização e foco, aspectos essenciais para que o trabalho seja feito com praticidade e eficiência.

Como se organizar para trabalhar em casa

Como se organizar para trabalhar em casa! Seguindo as dicas apresentadas nesse artigo, você conseguirá ter mais foco, mais produtividade e, consequentemente, aumentará a sua renda oriunda do Home Office!

como se organizar

Trabalhar em casa é um sonho comum a muitas pessoas atualmente. E isso é totalmente compreensível, já que o Home Office oferece uma série de vantagens, sendo que, entre aquelas que mais chamam a atenção estão:

  • A possibilidade de ficar mais próximo da família;
  • Não ter que se deslocar até a empresa;
  • Não ter gastos com locomoção;
  • Livrar-se do transporte lotado (no caso de quem usa ônibus e/ou metrô);
  • Não perder tempo no trânsito;
  • Ter flexibilidade de horários.

Contudo, como nem tudo é maravilhoso, quando você começa a trabalhar no conforto do seu lar, aparecem os famosos “ladrões do tempo” (ou “ladrões da sua atenção”). Tarefas domésticas, levar os filhos para a escola, ir ao supermercado e pagar contas no banco são apenas algumas das atividades que “roubam” nosso tempo. Sem contar que, pelo fato de você trabalhar em casa, as pessoas do seu convívio acham que você está sempre disponível para ajudar, conversar e fazer coisas que, muitas vezes, elas mesmas deveriam fazer, mas “como você está em casa”, pedem para você.

Por isso, para ajudar você que já trabalha em casa ou que vai começar a fazer isso a se livrar dos “ladrões do tempo”, juntei algumas dicas que lhe ajudarão a ter muito mais foco e, consequentemente, mais produtividade no seu dia a dia de trabalho em casa. Todas as dicas são baseadas em minha própria experiência, pois estou no Home Office há muitos anos, o que me fez aprender, na prática, a ter uma boa organização para ser o mais produtiva possível e entregar tudo o que me comprometo dentro do prazo!

Como se organizar:Defina um local de trabalho

Ficar mudando de lugar onde você trabalha na sua casa – já que você pode levar seu notebook para qualquer canto – pode parecer inofensivo, mas não é. Se você trabalha na mesa da sala, por exemplo, seus familiares podem se achar no direito de lhe interromper o tempo todo. Além disso, podem aparecer várias distrações, como uma briga entre os seus filhos, você começa a prestar a atenção na TV que está ligada no cômodo ao lado, a campainha toca e você vai atender, enfim, são várias as possibilidades.

Por isso, definir um local de trabalho apropriado e fixo vai passar a mensagem para as pessoas da sua casa que, se você está lá, é porque quer manter o foco no trabalho. Desse modo, peça que só lhe interrompam se for algo urgente e importante.

Como se organizar:Estabeleça o seu horário de expediente

É muito importante definir um horário de trabalho e cumpri-lo fielmente! Isso vai fazer com que você não caia na armadilha dos “ladrões” de tempo e de atenção. Por outro lado, você estabelecerá um limite para suas horas de dedicação. E isso é muito importante, pois muitas pessoas que trabalham em casa acabam trabalhando bem mais do que as oito horas diárias do regime CLT, seja porque querem terminar o que estão fazendo ou porque simplesmente não sabem dizer NÃO para os clientes. Para evitar esse tipo de situação, sempre informe seus clientes sobre seu horário de atendimento e evite trabalhar mais do que oito horas por dia.

Como se organizar:Use roupas de trabalho

Vai começar o expediente? Então, tire o pijama e coloque uma roupa e sapatos, como se você fosse sair para trabalhar. Esse simples ato manda uma informação para o seu cérebro avisando que você está trabalhando e não passando o tempo à toa.

Feche a porta para trabalhar em casa

Para você ter mais tranquilidade e foco, é muito importante fechar a porta do cômodo onde você decidiu trabalhar. Ao fazer isso, você consegue se concentrar e se dedicar 100% ao seu trabalho. Para quem não gosta de silêncio, uma opção interessante é colocar uma música ambiente não muito agitada, mas também não excessivamente calma, afinal, você deve ficar com a mente ativa como se organizar faz toda diferença no seu trabalho.

Desligue os aparelhos eletrônicos

Querer estar totalmente conectado e bem informado pode parecer muito bacana para os negócios, mas não te dará foco, além de que a probabilidade de você se perder no mar de informações será grande. Por isso, desligue a TV e o rádio, não fique logado nas redes sociais e desligue até mesmo o seu celular em alguns momentos-chave para evitar dar atenção às mensagens que chegam o tempo todo e tiram sua concentração.

Para ficar por dentro das novidades do dia, dedique um momento para você se informar. Por exemplo, 1 hora antes de começar a trabalhar, leia o seu jornal, acesse websites e blogs da sua área e ouça notícias. Depois disso, desligue tudo e se concentre no seu trabalho. Você vai render muito mais se aprender como se organizar!

Todas essas dicas, apesar de parecem simples, são de grande relevância para qualquer pessoa que trabalha em casa conseguir ter mais organização e foco, aspectos essenciais para que o trabalho seja feito com praticidade e eficiência.

Como trabalhar em casa de forma produtiva

como trabalhar

Como trabalhar em home office podem usar a metodologia 5S para tornar a residência num bom ambiente profissional.Para quem ainda não conhece, o 5S é uma metodologia que ajuda a preparar, mobilizar, motivar e conscientizar as empresas e seus colaboradores para a implantação de níveis superiores de qualidade. Criado no Japão pós-guerra, o programa 5S tem este nome devido à primeira letra de cinco palavras japonesas: Seiri (senso de utilização), Seiton (senso de ordenação), Seiso (senso de limpeza), Seiketsu (senso de saúde) e Shitsuke (senso de autodisciplina)..

Estes protocolos,ajudam como trabalhar em casa e quando aplicados nos locais de trabalho, promovem aumento na produtividade e no desempenho das organizações. O trabalho portátil também pode se beneficiar desta filosofia que revolucionou empresas como Toyota, HP e Boing. Vamos então aos 5S do home office.

1. Seiri (utilização): elimine o desnecessário.
É preciso analisar todos os elementos presentes no seu espaço de trabalho e classificá-los em três tipos: essenciais para a execucão das tarefas; importantes mas não de uso diário; e raramente utilizados ou inúteis de como trabalhar em casa.

2. Seiton (ordenação): guarde em local específico ou descarte.
Em seguida, é necessário definir locais únicos, exclusivos e adequados para cada ferramenta, objeto ou material classificado na fase anterior. Com isso é possível garantir que o fluxo de trabalho ocorra sem obstáculos ou interrupções (para procurar algo, por exemplo). Seguem abaixo os três tipos de elementos e sugestões de locais para acomodá-los:

a. Os elementos de uso constante – como agenda, smartphones, fones de ouvido e material de escritório – devem estar guardados em locais de fácil acesso, em gavetas na mesa de trabalho, em porta-lápis sobre a mesa ou em mesas de apoio laterais.

b. Os de uso ocasional (amostras, manuais, catálogos, faturas, documentos, materiais de consulta e de almoxarifado) devem ser armazenados em estantes, armários e arquivos. Faz parte desta categoria a fiação dos equipamentos, que deve ser ordenada com um organizador de cabos e escondida debaixo da mesa ou da estante. E sempre que possível, vale substituir os dispositivos por alternativas wireless (wi-fi e bluetooth).

c. Os objetos que são raramente utilizados na execução de alguma atividade devem ser acondicionados fora do local de trabalho (em uma garagem, por exemplo). Os supérfluos devem ser descartados.

É importante lembrar que nenhum objeto relativo ao trabalho deve sair do home office e invadir o ambiente da casa. Desta maneira, a valiosa separação entre a vida profissional e a pessoal tem mais chance de ser preservada.

. Seiso (limpeza): faça faxinas sistemáticas
Quem trabalha em home office sabe que basta um dia de trabalho para a desarrumação tomar conta do escritório. Este item exige cuidado, pois além de contraproducente, é fato que bagunça atrai mais bagunça.

Para combater o entulho, as melhores ferramentas ainda são o desapego emocional e o saco de lixo. Para deixar o ambiente limpo e ordenado, faça arrumações rápidas a cada três dias, faxinas semanais e uma reorganização caprichada pelo menos uma vez por mês. Para isso, utilize a classificação definida no passo anterior.

É importante lembrar também de eliminar os “aterros sanitários”, que são as superfícies horizontais da casa e do escritório onde, por hábito, largamos os objetos. Cada home office costuma ter seus próprios “aterros”: a mesa do jantar, a cadeira da entrada da casa, a mesa lateral de apoio, o aparador da sala, etc.

4. Seiketsu (saúde): crie um ambiente saudável
O trabalho remoto oferece uma ótima oportunidade para trabalhar de modo mais saudável: horários flexíveis, menos stress no trânsito, cuidados com a alimentação, oportunidades para fazer esporte, etc. O espaço do escritório em casa também pode contribuir para a saúde do teletrabalhador, principalmente em relação aos cuidados especiais com ergonomia. Mobiliário adequado e boas atitudes posturais garantem maior produtividade e reduzem futuros problemas de saúde. Além disso, um monitor na altura dos olhos, coluna ereta, planta dos pés encostando no chão, uma cadeira de escritório de qualidade, cotovelos e joelhos em 90º, monitor em ângulo que evite o reflexo de luz ou sol e pausas de 10 minutos com alongamentos a cada hora trabalhada são procedimentos essenciais para um home office saudável e ergonômico.

Neste item podemos incluir também a necessidade de estabelecer o local de como trabalhar com home office levando em consideração a iluminação, circulação de ar e isolamento sonoro adequados para as atividades que ali serão executadas. Além disso, um escritório com luz natural e uma vista inspiradora pode fazer uma grande diferença na motivação e na saúde mental do teletrabalhador.

5. Shitsuke (autodisciplina): fique firme e não esmoreça!
Sem a presença de alguém para dizer o que deve ser feito, é muito comum que o teletrabalhador tenha dificuldade para seguir rotinas e normas. Desta maneira, qualquer protocolo definido para o home office acaba saindo dos trilhos após uma ou duas semanas. É por isso que a disciplina é de longe a atitude mais importante para um home officer.

O princípio de Seiketsu aplicado ao home office traduz-se em criar uma padronização para os “S” anteriores e aplicá-la de forma contínua e metódica, buscando sempre aprimorar seus processos. É possível garantir a continuidade destes protocolos aplicando a regra básica dos 21 dias, que afirma que uma tarefa executada regularmente durante três semanas se transforma em um hábito.

Os elementos estão todos aí. Agora é só colocar em prática os 5S do home office e buscar a qualidade total para seu escritório em casa.