Mês: agosto 2020

Como se organizar para trabalhar em casa

Como se organizar para trabalhar em casa! Seguindo as dicas apresentadas nesse artigo, você conseguirá ter mais foco, mais produtividade e, consequentemente, aumentará a sua renda oriunda do Home Office!

como se organizar

Trabalhar em casa é um sonho comum a muitas pessoas atualmente. E isso é totalmente compreensível, já que o Home Office oferece uma série de vantagens, sendo que, entre aquelas que mais chamam a atenção estão:

  • A possibilidade de ficar mais próximo da família;
  • Não ter que se deslocar até a empresa;
  • Não ter gastos com locomoção;
  • Livrar-se do transporte lotado (no caso de quem usa ônibus e/ou metrô);
  • Não perder tempo no trânsito;
  • Ter flexibilidade de horários.

Contudo, como nem tudo é maravilhoso, quando você começa a trabalhar no conforto do seu lar, aparecem os famosos “ladrões do tempo” (ou “ladrões da sua atenção”). Tarefas domésticas, levar os filhos para a escola, ir ao supermercado e pagar contas no banco são apenas algumas das atividades que “roubam” nosso tempo. Sem contar que, pelo fato de você trabalhar em casa, as pessoas do seu convívio acham que você está sempre disponível para ajudar, conversar e fazer coisas que, muitas vezes, elas mesmas deveriam fazer, mas “como você está em casa”, pedem para você.

Por isso, para ajudar você que já trabalha em casa ou que vai começar a fazer isso a se livrar dos “ladrões do tempo”, juntei algumas dicas que lhe ajudarão a ter muito mais foco e, consequentemente, mais produtividade no seu dia a dia de trabalho em casa. Todas as dicas são baseadas em minha própria experiência, pois estou no Home Office há muitos anos, o que me fez aprender, na prática, a ter uma boa organização para ser o mais produtiva possível e entregar tudo o que me comprometo dentro do prazo!

Como se organizar:Defina um local de trabalho

Ficar mudando de lugar onde você trabalha na sua casa – já que você pode levar seu notebook para qualquer canto – pode parecer inofensivo, mas não é. Se você trabalha na mesa da sala, por exemplo, seus familiares podem se achar no direito de lhe interromper o tempo todo. Além disso, podem aparecer várias distrações, como uma briga entre os seus filhos, você começa a prestar a atenção na TV que está ligada no cômodo ao lado, a campainha toca e você vai atender, enfim, são várias as possibilidades.

Por isso, definir um local de trabalho apropriado e fixo vai passar a mensagem para as pessoas da sua casa que, se você está lá, é porque quer manter o foco no trabalho. Desse modo, peça que só lhe interrompam se for algo urgente e importante.

Como se organizar:Estabeleça o seu horário de expediente

É muito importante definir um horário de trabalho e cumpri-lo fielmente! Isso vai fazer com que você não caia na armadilha dos “ladrões” de tempo e de atenção. Por outro lado, você estabelecerá um limite para suas horas de dedicação. E isso é muito importante, pois muitas pessoas que trabalham em casa acabam trabalhando bem mais do que as oito horas diárias do regime CLT, seja porque querem terminar o que estão fazendo ou porque simplesmente não sabem dizer NÃO para os clientes. Para evitar esse tipo de situação, sempre informe seus clientes sobre seu horário de atendimento e evite trabalhar mais do que oito horas por dia.

Como se organizar:Use roupas de trabalho

Vai começar o expediente? Então, tire o pijama e coloque uma roupa e sapatos, como se você fosse sair para trabalhar. Esse simples ato manda uma informação para o seu cérebro avisando que você está trabalhando e não passando o tempo à toa.

Feche a porta para trabalhar em casa

Para você ter mais tranquilidade e foco, é muito importante fechar a porta do cômodo onde você decidiu trabalhar. Ao fazer isso, você consegue se concentrar e se dedicar 100% ao seu trabalho. Para quem não gosta de silêncio, uma opção interessante é colocar uma música ambiente não muito agitada, mas também não excessivamente calma, afinal, você deve ficar com a mente ativa como se organizar faz toda diferença no seu trabalho.

Desligue os aparelhos eletrônicos

Querer estar totalmente conectado e bem informado pode parecer muito bacana para os negócios, mas não te dará foco, além de que a probabilidade de você se perder no mar de informações será grande. Por isso, desligue a TV e o rádio, não fique logado nas redes sociais e desligue até mesmo o seu celular em alguns momentos-chave para evitar dar atenção às mensagens que chegam o tempo todo e tiram sua concentração.

Para ficar por dentro das novidades do dia, dedique um momento para você se informar. Por exemplo, 1 hora antes de começar a trabalhar, leia o seu jornal, acesse websites e blogs da sua área e ouça notícias. Depois disso, desligue tudo e se concentre no seu trabalho. Você vai render muito mais se aprender como se organizar!

Todas essas dicas, apesar de parecem simples, são de grande relevância para qualquer pessoa que trabalha em casa conseguir ter mais organização e foco, aspectos essenciais para que o trabalho seja feito com praticidade e eficiência.

Como trabalhar em casa de forma produtiva

como trabalhar

Como trabalhar em home office podem usar a metodologia 5S para tornar a residência num bom ambiente profissional.Para quem ainda não conhece, o 5S é uma metodologia que ajuda a preparar, mobilizar, motivar e conscientizar as empresas e seus colaboradores para a implantação de níveis superiores de qualidade. Criado no Japão pós-guerra, o programa 5S tem este nome devido à primeira letra de cinco palavras japonesas: Seiri (senso de utilização), Seiton (senso de ordenação), Seiso (senso de limpeza), Seiketsu (senso de saúde) e Shitsuke (senso de autodisciplina)..

Estes protocolos,ajudam como trabalhar em casa e quando aplicados nos locais de trabalho, promovem aumento na produtividade e no desempenho das organizações. O trabalho portátil também pode se beneficiar desta filosofia que revolucionou empresas como Toyota, HP e Boing. Vamos então aos 5S do home office.

1. Seiri (utilização): elimine o desnecessário.
É preciso analisar todos os elementos presentes no seu espaço de trabalho e classificá-los em três tipos: essenciais para a execucão das tarefas; importantes mas não de uso diário; e raramente utilizados ou inúteis de como trabalhar em casa.

2. Seiton (ordenação): guarde em local específico ou descarte.
Em seguida, é necessário definir locais únicos, exclusivos e adequados para cada ferramenta, objeto ou material classificado na fase anterior. Com isso é possível garantir que o fluxo de trabalho ocorra sem obstáculos ou interrupções (para procurar algo, por exemplo). Seguem abaixo os três tipos de elementos e sugestões de locais para acomodá-los:

a. Os elementos de uso constante – como agenda, smartphones, fones de ouvido e material de escritório – devem estar guardados em locais de fácil acesso, em gavetas na mesa de trabalho, em porta-lápis sobre a mesa ou em mesas de apoio laterais.

b. Os de uso ocasional (amostras, manuais, catálogos, faturas, documentos, materiais de consulta e de almoxarifado) devem ser armazenados em estantes, armários e arquivos. Faz parte desta categoria a fiação dos equipamentos, que deve ser ordenada com um organizador de cabos e escondida debaixo da mesa ou da estante. E sempre que possível, vale substituir os dispositivos por alternativas wireless (wi-fi e bluetooth).

c. Os objetos que são raramente utilizados na execução de alguma atividade devem ser acondicionados fora do local de trabalho (em uma garagem, por exemplo). Os supérfluos devem ser descartados.

É importante lembrar que nenhum objeto relativo ao trabalho deve sair do home office e invadir o ambiente da casa. Desta maneira, a valiosa separação entre a vida profissional e a pessoal tem mais chance de ser preservada.

. Seiso (limpeza): faça faxinas sistemáticas
Quem trabalha em home office sabe que basta um dia de trabalho para a desarrumação tomar conta do escritório. Este item exige cuidado, pois além de contraproducente, é fato que bagunça atrai mais bagunça.

Para combater o entulho, as melhores ferramentas ainda são o desapego emocional e o saco de lixo. Para deixar o ambiente limpo e ordenado, faça arrumações rápidas a cada três dias, faxinas semanais e uma reorganização caprichada pelo menos uma vez por mês. Para isso, utilize a classificação definida no passo anterior.

É importante lembrar também de eliminar os “aterros sanitários”, que são as superfícies horizontais da casa e do escritório onde, por hábito, largamos os objetos. Cada home office costuma ter seus próprios “aterros”: a mesa do jantar, a cadeira da entrada da casa, a mesa lateral de apoio, o aparador da sala, etc.

4. Seiketsu (saúde): crie um ambiente saudável
O trabalho remoto oferece uma ótima oportunidade para trabalhar de modo mais saudável: horários flexíveis, menos stress no trânsito, cuidados com a alimentação, oportunidades para fazer esporte, etc. O espaço do escritório em casa também pode contribuir para a saúde do teletrabalhador, principalmente em relação aos cuidados especiais com ergonomia. Mobiliário adequado e boas atitudes posturais garantem maior produtividade e reduzem futuros problemas de saúde. Além disso, um monitor na altura dos olhos, coluna ereta, planta dos pés encostando no chão, uma cadeira de escritório de qualidade, cotovelos e joelhos em 90º, monitor em ângulo que evite o reflexo de luz ou sol e pausas de 10 minutos com alongamentos a cada hora trabalhada são procedimentos essenciais para um home office saudável e ergonômico.

Neste item podemos incluir também a necessidade de estabelecer o local de como trabalhar com home office levando em consideração a iluminação, circulação de ar e isolamento sonoro adequados para as atividades que ali serão executadas. Além disso, um escritório com luz natural e uma vista inspiradora pode fazer uma grande diferença na motivação e na saúde mental do teletrabalhador.

5. Shitsuke (autodisciplina): fique firme e não esmoreça!
Sem a presença de alguém para dizer o que deve ser feito, é muito comum que o teletrabalhador tenha dificuldade para seguir rotinas e normas. Desta maneira, qualquer protocolo definido para o home office acaba saindo dos trilhos após uma ou duas semanas. É por isso que a disciplina é de longe a atitude mais importante para um home officer.

O princípio de Seiketsu aplicado ao home office traduz-se em criar uma padronização para os “S” anteriores e aplicá-la de forma contínua e metódica, buscando sempre aprimorar seus processos. É possível garantir a continuidade destes protocolos aplicando a regra básica dos 21 dias, que afirma que uma tarefa executada regularmente durante três semanas se transforma em um hábito.

Os elementos estão todos aí. Agora é só colocar em prática os 5S do home office e buscar a qualidade total para seu escritório em casa.

Trabalhar em casa:2 ideias para começar

trabalhar

Muito provavelmente já passou pela sua cabeça a vontade de trabalhar em casa, sem precisar sair, o tão cobiçado home office. Além da grande probabilidade de aumentar a sua qualidade de vida, ganhar dinheiro em casa te permite ter os seus próprios horários e ainda poder passar mais tempo com a sua família e animais de estimação. 

Esse tipo de emprego, por mais que ainda seja visto como fora do padrão, depois da crise financeira que estamos passando, vem sendo mais em mais desejado, aos olhos dos trabalhadores brasileiros. Os pontos positivos que vêm com essa rotina são muitos, como você poder ter mais tempo para cuidar da sua saúde e poder ter uma alimentação mais saudável, visto que estará dentro da sua própria casa.

Porém, como ganhar dinheiro em casa? Que tipo de negócio montar? A primeira pergunta que você deve responder é o que você sabe fazer? E, principalmente, com o que te daria prazer em trabalhar? Existem diversas opções, tanto online, que tendem a serem mais econômicas, quanto um negócio físico, que podem se encaixar nas suas habilidades. 

Trabalhar em casa não significa ganhar dinheiro fácil, muito pelo contrário, você precisa ter organização e responsabilidade com seus compromissos, para conseguir entregar seus trabalhos sempre no prazo. Se você conseguir encontrar algo que realmente goste de fazer e se dedicar de verdade, com o tempo você pode ganhar mais dinheiro do que ganhava tendo que bater ponto todos os dias.

Se você tem o objetivo de trabalhar em casa ou quer tentar ganhar um dinheiro extra, porém não sabe bem por onde começar, separamos 35 opções de como ganhar dinheiro em casa para você:

1 – Trabalhar com Franquia Home Based

As franquias home based ou home office, têm como base a própria casa do franqueado. Consideradas de baixo custo, pois não exigem capital para instalação, são boas alternativas para quem quer iniciar um negócio e não possui grandes reservas de dinheiro.

Apesar do investimento inicial ser considerado baixo, você pode encontrar boas franquias com opções que partem dos R$ 10.000,00, elas oferecem a mesma segurança, e o mesmo risco, que uma franquia comum e requerem a mesma dedicação que qualquer outro negócio.

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), 557 redes brasileiras operam com modelos de franquias de baixo custo, incluindo as home based e nos próximos anos esste número deve aumentar. 

Os segmentos dessas franquias são bem variados, e alguns deles demandam que você trabalhe em casa e na rua. Alguns exemplos são:  PremiaPão (publicidade), Echosis (marketing digital), Explica Cursos (apoio escolar de todas as disciplinas), FlyWorld (agência de viagens), entre outras.

2 – Franquia PremiaPão

É uma franquia home based, presente em todo o Brasil. Os franqueados, basicamente, trabalham com venda de publicidade, para os pequenos e médios negócios de sua região. Eles prestam serviços para negócios que precisam ou que já investem em publicidade. 

A ideia é entrar na casa do cliente de forma muito barata, com uma dinâmica muito inteligente que é a do marketing promocional. O produto do franqueado é a publicidade em saco de pão, que sempre vai acompanhar de alguma forma as famílias brasileiras consumidoras de pães. Afinal de contas, a forma de armazenar o pão para levar para casa pode mudar, mas sempre será necessário carregar o pãozinho quentinho para casa. E é aí que mora uma grande oportunidade.

Enquanto o franqueado busca marcas para anunciar no saquinho, a franqueadora trabalha na criação das artes gráficas e na produção dos saquinhos ecológicos. Ela oferece treinamentos online e pode ser adquirida a partir de R$10.000,00.

A distribuição é feita de forma gratuita nas padarias parceiras da região exclusiva do franqueado. “A PremiaPão vem se destacando muito dentro do mercado de microfranquias aqui no Brasil” – diz Raphael Mattos, CEO da PremiaPão.